06/05/2021 às 23h05min - Atualizada em 06/05/2021 às 23h05min

Gestante é presa pela PM após atear fogo em residência da rua Amparo

Testemunha diz que presenciou a acusada “carregando um galão com um líquido aparentando ser gasolina” e logo em seguida a residência pegou fogo

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
Foto: Imagem meramente ilustrativa
 
Uma gestante, de idade não divulgada, iniciais do nome M.E.S. foi presa em flagrante as 11h55 desta quarta-feira, 05/05, após atear fogo em uma residência da rua Amparo, em Rancharia.

Segundo BO registrado pelos policias militares CB PM Lopes e CB PM Pereira, a chamada original era para uma ocorrência de furto de um botijão de gás em uma residência da rua Amparo.

Entretanto a solicitante, gestante de prenome Marta, foi avistada em uma padaria e já teria dado uma pista sobre o ocorrido, sugerindo que a equipe policial fosse “ver o que ela tinha feito com o imóvel e que... iria explodir”. No endereço apontando em outra chamada via 190, havia uma casa em chamas, sendo contidas por duas equipes locais do Corpo de Bombeiros.

O autor da chamada de incêndio, M.M.O., de prenome Mauro, contou aos policiais que “que presenciou Marta chegando no imóvel carregando um galão com um líquido aparentando ser gasolina e logo em seguida a residência entrou em chamas”.

Outra vez a procura da acusada de incêndio, os PMS a encontraram pela rua Conselheiro Antônio Prado. Ela foi detida após tentar esconder-se em uma escola e ao ser abordada teria gritado que os policiais a estavam agredindo.

Gestante, a mulher foi colocada sem algemas no bando de trás da viatura e segundo os policiais, no trajeto até a Delegacia da Polícia Civil, teria dito que “assim que saísse da Delegacia iria retornar no local e acabar de concluir a destruição daquele imóvel”.

As razões alegadas pela acusada não constam no boletim informativo divulgado à imprensa.

O delegado Pedro José da Silva ratificou a voz de prisão da acusada Marta, por crime de incêndio e a colocou à disposição da Justiça. A perícia da Polícia Científica também foi acionada para o local do sinistro.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

20.6%
14.7%
64.7%