07/05/2021 às 13h04min - Atualizada em 07/05/2021 às 13h04min

Projeto de Éliton Leite tem foco especial na proteção à criança e ao adolescente em estado de risco

Há 10 anos ele dirige, em Campinas, uma linda iniciativa de inclusão pelo esporte; isso explica identificação com o trabalho realizado no Lar Santo Antônio

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
 
O empresário Éliton Leite, natural de Presidente Venceslau, atualmente estabelecido em Campinas, afirmou nesta quinta-feira, 06/05, que reconhece, respeita e por isso apoio trabalhos realizados por entidades como o Lar Santo Antônio, de Tupã, que no próximo dia 13, completa 75 anos.

Ele confirmou presença na Live da Solidariedade marcada para o dia cinco (05) de junho, como parte do programa de aniversário da entidade.

Visão prática
Em nota ao CIDADE REAL, Leite voltou a destacar que a origem simples de sua família o ensinou a valorizar as iniciativas de auxílio ao semelhante. “A parte social sempre foi algo muito forte dentro de mim, sempre me preocupei com as pessoas no meu entorno e em especial com as crianças e adolescentes. Infelizmente ainda há muitas perdidas para o tráfico de drogas e e violência e isso é algo que tira o meu sono”.

Segundo ele, com o intuito de “amenizar essa situação” sempre procurou se envolver direta e pessoalmente em projetos sociais, “que buscam acima de tudo proteger as crianças e adolescentes em estado de risco”.

Com esse objetivo, destaca Éliton Leite, há pelo menos uma década, ele lidera uma iniciativa de muitos resultados sociais e humanos. “Há 10 anos decidi aceitar o convite para ser diretor de um dos maiores projetos sociais da cidade de Campinas, COFA Categoria de Base, projeto voltado para a assistência e inclusão de crianças e adolescentes pelo esporte. Construímos nesse período uma linda história de trabalho e assistência a crianças na cidade de Campinas, que conta com várias modalidades esportivas, e tendo como uma das principais o futebol, que é uma porta de entrada para muitas crianças no esporte”, resume

Leite lembra que ao longo desse período milhares de “crianças foram atendidas pelo projeto que tem como objetivo acompanhar, educar e dar uma qualidade de vida a essas crianças, através de assistência odontológica, psicológica, terapêutica e outras”.

Gratidão
O empresário finalizou destacando sua gratidão por poder servir sua comunidade onde, segundo ele, muito recebeu e aprendeu oferecendo-se a serviço do próximo: “Sou muito grato por poder participar dessa história de forma prática e efetiva não apenas de ouvir falar... é certamente por isso, que me identifiquei tanto com o trabalho do Lar Santo Antônio de Tupã... através de meu amigo, Capitão Neves, rendo minha homenagem por esse envolvimento em uma causa tão nobre e estendo minha mão de apoio aos Amigos do Lar... Fiquemos atentos; somente os gestos e obras transformam”.

Através do “foco na proteção à criança e ao adolescente em estado de risco” Éliton Leite espera futuras parcerias do gênero, através do seu projeto pessoal/político para todo o interior do São Paulo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

20.0%
14.3%
65.7%