19/05/2021 às 15h26min - Atualizada em 19/05/2021 às 15h26min

Com pequena vantagem tricolor, Palmeiras e São Paulo repetem decisão do Paulistão após 29 anos

Na final de 1992 o São Paulo levou a melhor vencendo com placar acumulado de 6 a 3; em confrontos pelo regional, tricolores também têm vantagem de 8%

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
Miguel Schinchariol
 
Palmeiras e São Paulo darão a largada nesta quarta-feira, 20, as 22h, no gramado do Allianz Park, a mais uma final de campeonato carregada de rivalidade e histórias – do Paulistão 2021.
 
Segundo www.ogol.com.br, no cartel geral de 287 embates (em várias competições), os tricolores têm uma pequena vantagem de cinco (05) vitórias sobre os alviverdes: 101 triunfos são-paulinos (35%), contra 96 palmeirense (33%) e 90 empates (31).
 
Apenas em jogos pelo Paulistão, a vantagem história (um pouco maior) também é do São Paulo. Dos 175 jogos disputados, o Tricolor do Morumbi venceu 70 (40%); houve 49 empates (28%) e 56 vitórias do Palmeiras (32%).
 
29 ANOS ATRÁS
 
Na relação de vitórias são-paulinas estão as finais de 1992, quando o time do Morumbi, então com Zetti, Cafu, Raí, Palhinha e Müller (campeão da Libertadores e Mundial), conquistou o seu 18º Estadual ao vencer os dois jogos das finais por 4 a 2 e 2 a 1, com o Morumbi recebendo 200 mil torcedores nos dois jogos. O técnico era Telê Santana.
 
Na fase classificatória do Estadual desse ano, em abril, o São Paulo venceu o Verdão por 1 a 0 em duelo válido pela 5ª rodada do torneio.
 
A finalíssima – segunda partida da final 2021 – será na casa do São Paulo, no domingo (23), às 16h, pelo horário de Brasília.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

20.6%
14.7%
64.7%