05/06/2021 às 16h40min - Atualizada em 05/06/2021 às 16h40min

Tremendão celebra 80 anos afirmando que a CPI da Covid-19 “é um circo”

Há quase um ano e meio trancado em casa, Erasmo Carlos reagiu: “Isso me deixa muito triste... é um circo”

Terra Brasil Noticias
Imagem de Arquivo
 
O cantor Erasmo Carlos criticou a condução da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID-19, no Senado Federal. “É um circo”, disse o artista em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.
 
“É um circo. É inacreditável, eu não sei como tem gente tão sem noção. Fico bestificado de ver tanta desinformação. A cada dia sou surpreendido por mais blablablá, isso me deixa muito triste”, desabafou o cantor.
 
“Há um ano e quatro meses eu e minha mulher estamos dentro de casa. A gente não sai, não vai a lugar nenhum. Cumpri bem todas as regras. A gente foi se adaptando, sentindo falta de algumas coisas. Estava com um trabalho novo pronto para gravar, chamado ‘O Futuro Pertence à Jovem Guarda’. É uma frase do Lênin, dela é que foi tirado o nome Jovem Guarda, pelo Carlito Maia”, disse Erasmo Carlos
 
Nascido no Rio de Janeiro em 5 de junho de 1941, Erasmo Carlos completa 80 anos neste sábado, 05/06, em ótima fase, curado definitivamente de um câncer no fígado.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

20.6%
14.7%
64.7%