08/06/2021 às 12h30min - Atualizada em 08/06/2021 às 12h30min

TCU contradiz Presidente sobre mortes por covid; Bolsonaro admite “equivoco”

“O TCU esclarece que não há em relatórios do tribunal que apontem que ‘em torno de 50% dos óbitos por Covid no ano passado não foram por Covid”, informou o Tribunal

Nilton Mendonça
Com o Poder360
Poder360
 
O Tribunal de Contas da União (TCU) emitiu nota na tarde desta segunda-feira, 07/07, informando que é falsa afirmação divulgada pelo presidente Jair Bolsonaro sobre um suposto relatório do órgão questionando o número de mortes por covid, do ano passado no País.
 
Horas antes, em um vídeo que viralizou nas redes sociais, Bolsonaro atribuiu a suposto relatório do tribunal informação que “em torno de 50% dos óbitos de 2020 por covid não foram por covid”.
 
Em nota, o tribunal nega a existência de qualquer conclusão nesse sentido.
 
“O TCU esclarece que não há informações em relatórios do tribunal que apontem que ‘em torno de 50% dos óbitos por Covid no ano passado não foram por Covid’, conforme afirmação do Presidente Jair Bolsonaro divulgada hoje”.
 
De acordo com Bolsonaro, o documento “não é conclusivo”, teria sido finalizado “há uns dias” e seria divulgado pelo Planalto na tarde desta segunda.
 
O Poder360 questionou a secretaria de comunicação da presidência sobre a nota do TCU, mas não houve retorno até a publicação desta reportagem.
 
Não é a 1ª vez que o presidente contesta a causa das mortes por covid-19. Bolsonaro afirma que há superdimensionamento nos números divulgados diariamente pelos órgãos oficiais dos Estados.
 
“Nós vimos no ano passado muitos vídeos mostrando parentes que diziam que não era morte por covid”, declarou.

PRESIDENTE ADMITE ERRO
 
O presidente Jair Messias Bolsonaro admitiu na manhã desta terça-feira, 08/06, que “errou” e cometeu um “equívoco” ao Tribunal de Contas da União (TCU) a autoria de um relatório sobre mortes causada pela covid-19 no ano passado.
 
O chefe do Executivo insistiu, contudo, que há uma supernotificação do número de mortes causadas pelo vírus e afirmou que pedirá uma investigação.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

20.6%
14.7%
64.7%