19/06/2021 às 08h13min - Atualizada em 19/06/2021 às 08h13min

Por razões sanitárias, Prefeitura nega uso do Alonsão, mas promete reavaliar mensalmente quadro da covid-19

Provisoriamente o Tupã Futebol Clube, pela primeira vez na história não tem o estádio municipal para mandar seus jogos na Segundona que começa dia 22 de agosto

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
 
Depois de meses de espera, indecisão e enrolação, o que se imaginava aconteceu. A assessoria da Prefeitura da Prefeitura de Tupã confirmou que o Município não autorizou a utilização do Estádio Municipal Alonso de Carvalho Braga para o mando dos jogos do Tupã Futebol Clube na temporada 2022, que começa em 22 de agosto.
 
A negativa se deu ainda que a Federação já houvesse estabelecido, como no País todo, jogos sem torcida, de portões fechados – e com respeito ao mesmo protocolo cumprido nas disputas do ano passado onde o Tupã não teve nenhum caso de contaminação.
 
Em uma nota, encaminhada ao Cidade Real, nesta sexta-feira, 18/06, que mais uma vez, não cita o nome do prefeito, a Assessoria de Imprensa justifica que o Decreto Municipal 9.088, “proíbe qualquer tipo de evento cultural, esportivo e comercial” e que o objetivo “foi para atender o anseio da população e principalmente de tentar frear o aumento dos casos de covid... mas que “será reavaliado mensalmente, podendo ser mantido ou revogado de acordo com os índices de transmissibilidade da doença”.
 
“Acatamos posicionamento técnico do Comitê de Enfrentamento da Covid no sentido de não autorizar a utilização não só do estádio municipal, ainda que qualquer praça esportiva e pública para realização de qualquer evento e atividade”, detalha a nota, que repetindo, não cita o nome do prefeito, nem secretário de esporte, ou qualquer outro representante da gestão púbica.
 
“As motivações são exclusivamente sanitárias e refletem a preocupação da prefeitura com o agravamento da pandemia”, insiste a nota da Assessoria de Imprensa.
 
“Compreendemos a importância do Tupã FC... mas diante da gravidade do nosso cenário atual, seria uma grande irresponsabilidade não acatar o posicionamento do Comitê de Enfrentamento à Covid e liberar o estádio”, termina o nota da Assessoria.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

20.6%
14.7%
64.7%