07/07/2021 às 15h11min - Atualizada em 07/07/2021 às 15h11min

Brasil enfrentará a Argentina na final da Copa América 2021, sábado no Maracanã

Última vez que as duas seleções se enfrentaram foi na final de 2007; o Brasil venceu por 3 a 0 e conquistou o seu oitavo título na competição.

www.cbf.com.br
Mídia argentina, como é próprio da rivalidade, foca final no duelo Neymar e Messi (Imagem de Arquivo)
 
O Brasil enfrentará a Argentina na final da CONMEBOL Copa América 2021! Nesta terça-feira, 06/07, a Seleção Brasileira conheceu o seu adversário na grande decisão, que será disputada no Maracanã.
 
A Argentina conquistou a última vaga na decisão da Copa América ao derrotar a Colômbia nesta terça-feira, na Arena Mané Garrincha, em Brasília. Depois de empate por 1 a 1 no tempo regulamentar, os argentinos superaram os cafeteros na decisão por pênaltis e carimbaram seu passaporte rumo ao Maracanã.
 
No próximo sábado, 10/07, no Maracanã, os dois maiores rivais do futebol sul-americano se encontram na grande decisão do torneio continental.
 
Essa será a primeira decisão entre Brasil e Argentina na Copa América em 14 anos. A última vez que as duas seleções se enfrentaram foi na final de 2007, quando a Seleção Brasileira venceu por 3 a 0 e conquistou o seu oitavo título na competição.
 
A última vez que os dois países estiveram frente a frente na decisão da Copa América foi na edição de 2007, na Venezuela, quando o Brasil superou a Argentina por 3 a 0, com gols de Júlio Baptista, Ayala (contra) e Daniel Alves, para conquistar a sua oitava Copa América.
 
Duas das mais tradicionais equipes da história da Copa América, Brasil e Argentina somam 23 títulos (14 da Argentina e nove do Brasil) e 25 vice-campeonatos (14 da Argentina e 11 do Brasil).
 
No entanto, muito por conta do formato original da competição, as duas seleções só se enfrentaram em três finais propriamente ditas de Copa América.
 
A primeira delas foi em 1937, quando Brasil e Argentina terminaram com a mesma campanha nos pontos corridos e precisaram fazer uma partida de desempate.
 
Depois de um 0 a 0 no tempo regulamentar, os argentinos fizeram dois gols na prorrogação e levaram o título com uma vitória por 2 a 0.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

20.6%
14.7%
64.7%