05/08/2021 às 11h03min - Atualizada em 05/08/2021 às 11h03min

MARQUEZ D’ VILLARES: Marquezi Imobiliária prepara lançamento de ‘paraíso’ à margem do Rio Paraná

Condomínio fechado, de alto padrão, em fase final de registro, oferecerá 213 lotes entre 300 e 380 m2, com pequena entrada e parcelamento facilitado

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
Imagens Marquezi Imobiliária
 
Quem sonha e/ou espera uma ‘oportunidade especial’ de construir para morar ou para curtir os finais de semana e outros momentos especiais, em um ‘paraíso’, está bem próximo da grande oportunidade.
 
A Marquezi Imobiliária finaliza os preparativos para lançar, ainda neste mês de agosto de 2021, o Marquez D’ Villares, um condomínio fechado de alto padrão à margem do Rio Paraná, há três (03) quilômetros do centro de Paulicéia e há 500 metros da ponte que liga os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul (por Brasilândia).
 
Em fase final de registro, o empreendimento é composto de 213 lotes entre 300 e 380 m2 e toda infraestrutura própria de um condomínio fechado de alto padrão, com incomparável qualidade de vida.
 
Além da privilegiada localização à margem do Rio Paraná, com lindas e exuberantes paisagens, portaria fechada com segurança, ampla área verde, academia ao ar livre, quadra poliesportiva de areia, área para jogos, playground infantil e rampas de acesso ao Rio Paraná para pesca e esportes náuticos.
 
FACILIDADES
 
Bruno Marquezi, diretor presidente da Marquezi Imobiliária, destaca que apesar de se tratar de condomínio fechado de alto padrão, o Marquez D’ Villares é empreendimento acessível a para todas as classes sociais.
 
As futuras aquisições poderão ser feitas com pequena entrada e saldo com parcelamento facilitado.
 
Embora as vendas ainda dependam da efetivação dos registros, os interessados já podem fazer suas manifestações de interesse e cadastro pelos contatos da Marquezi Imobiliária: no Facebook e pelos telefones e WhatsApp: (14) 9 9811-8484, 9 9663-5374 e 3442-2383.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

20.6%
14.7%
64.7%