18/08/2021 às 07h58min - Atualizada em 18/08/2021 às 07h58min

Fazenda é multada em R$ 111,5 mil por degradação ambiente com uso de fogo

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
Parcial da área destruída pelo fogo, na Fazenda M. em Queiroz (Imagens cedidas pela Polícia Ambiental)
 
Policiais militares do 2° Batalhão, 4ª Cia, 1° Pelotão de Polícia Ambiental, com sede em Tupã, aplicaram nesta terça-feira, 17/08, mais uma pesada multa pela prática de ação de degradação ambiental mediante o uso de fogo.
 
Foi no município de Queiroz, propriedade identificada como ‘Fazenda M’, durante vistoria feita por três equipes de policiais: viatura A-02419, com o 2° Sargento PM Santos, Cabo PM Padovesi, e Cabo PM Glaucimir; viatura A-02450, com Cabo PM Piazentin, Cabo PM Ravelli e Cabo PM Rodrigueiro; e viaturas A-02409, com o Soldado PM Vesu e o Cabo PM Arruda.
 
Segundo nota da Polícia Ambiental, durante a operação "Rios Mais Seguros", essas “equipes atenderam ocorrência de focos de queimadas captados pelos satélite Referência AQUA_MT”.
 
E no local foi constato, com auxílio de georreferenciamento, que “o fogo destruiu 7,44 ha de vegetação nativa pioneira nas margens de um curso d'água afluente do Rio Caingangs. O sinistro atingiu uma área de cultivo correspondente a 55,78ha e se alastrou para as margens do referido recurso hídrico”.
 
Em obediência a legislação em vigor, em função dos danos constatados, foram elaborados “dois autos de infração ambiental com medida administrativa de multa simples totalizando R$ 111.580,00, com base nos artigos 43 e 56 da Resolução SIMA n° 05/2021”.
 
Em função das restrições da chamada Lei do Abuso de Autoridade, a Polícia Ambiental também divulga mais detalhes sobre a identificação das propriedades autuadas.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

20.0%
14.3%
65.7%