01/10/2021 às 16h57min - Atualizada em 01/10/2021 às 18h18min

Acidentes matam 2 trabalhadores em Tupã, em 24 horas

Um caiu do telhado onde dava manutenção e outro foi esmagado por uma parede durante a tempestade de vento e terra desta sexta-feira, 01/10

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
Imagem das redes sociais
 
O operário Fábio Alex Marques Castro (foto acima), de 42 anos de idade, morador à rua Iacri, na Vila Industria, e que segundo colegas havia voltado ao trabalho, após o período de férias, morreu nesta sexta-feira, 01/10, em Tupã, após uma parede de alvenaria cair sobre ele.
 
Segundo apurado inicialmente com colegas da empresa de concreto em que ele trabalhava, Fabio operava uma bomba de recalque/elevação de concreto usinado, quando, provavelmente pelos ventos fortes que se abateram sobre Tupã a parede caiu sobre ele.
 
Os Bombeiros e colegas de trabalho ainda tiraram Fábio debaixo dos escombros da parede, mas ele não sobreviveu a gravidade aos ferimentos sofridos.
 
O acidente aconteceu em uma construção na rua Antônio Serdan Cucci, loteamento Condomínio Reserva Tupã
 
QUEDA DO TELHADO
 
Castro é o segundo tupãense a morrer vítima de acidente de trabalho em um período de 24 horas.
 
A primeira vítima foi José Roberto da Costa (foto abaixo), de 55 anos, funcionário de um frigorífico, cujo corpo tinha previsão de ser enterrados às 17h desta sexta-feira, 01/10.
 
O registro policial do acidente dá conta de que Costa fazia manutenção em um telhado de cerca de 10 metros de altura e sofreu uma queda.
 
Apesar dos devidos atendimentos de socorro não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu.
 
Esse acidente ocorreu na tarde da quinta-feira, 20/09, em uma empresa frigorífica a margem da rodovia vicinal que liga Tupã ao distrito de Juliânia, em Herculândia.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

20.0%
14.3%
65.7%