16/10/2021 às 13h29min - Atualizada em 16/10/2021 às 13h29min

TFC deve mesmo sediar grupo da Copa SP em Itaquaquecetuba

Diretoria tricolor já tem o compromisso do secretário de Esportes Marcelinho Carioca e do prefeito da cidade, segundo o vice-presidente Cicero Paulino

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
O Estádio de Itaquá, onde o TFC pode mandar seus jogos na Copinha (Imagens de Arquivo)
 
Reclamando que não é recebida (nem atendida por telefone) pelo prefeito Caio Aoki (PDS) ou o secretário de Esportes, Marco Pinheiro, a diretoria do Tupã Futebol Clube prossegue negociando com prefeitura de Itaquaquecetuba, a possibilidade de o ‘Mais querido da Alta Paulista’ participar da Copa São Paulo de Futebol Junior, em janeiro, tem Itaquá, como sede da chave, originalmente prevista para o Estádio Alonso Carvalho Braga.
 
O vice-presidente tricolor, Cícero Aparecido Paulino, o ‘Cirsão’ (foto abaixo), confirmou a realização, na quinta-feira, 15/10 de uma segunda reunião da diretoria com as autoridades de Itaquaquecetuba, inclusive com a participação de representantes da Federação Paulista de Futebol, buscando acertar essa parceria.
 
Segundo ‘Cirsão’ a principal dificuldade seria o tempo hábil para adequar as instalações do estádio local (na foto acima em tempos de boa conservação, diferente de hoje), fora do padrão exigido pela Federação para o mando dos jogos oficiais.
 
“Estivemos lá com o Marcelinho Carioca, o prefeito Eduardo Boigues (PP); eles conseguiram R$ 2,5 milhões para a readequação, mas a Federação deu um prazo apertado para isso. Nem licitação eles vão fazer, porque a adequação será com dinheiro doado por empresários, mas o prazo até 30 de outubro que a Federão deu, é muito curto, impossível de fazer. A negociação com a Federação é para que possa ter até 30 de novembro”, explicou ‘Cirsão’.
 
NOVEMBRO
 
A presidente do Tupã, Fabiane Bizzo Menezes, disse que a solicitação da Prefeitura de Itaquá foi no sentido de que o prazo para a adequação seja 30 de novembro e não 30 de outubro como estabelecido inicialmente.
 
“É complicado esse prazo de menos de 15 dias praticamente. Como lá nunca houve mando de jogos da Federação, impossível de fazer tudo o que precisa nesse prazo. É isso que o prefeito Dr. Eduardo e o Marcelinho Carioca estão pedindo: aumentar esse prazo até 30 de novembro”
 
No começo da tarde deste sábado, 16/10, Fabiane disse ao Cidade Real que a Federação Paulista está “analisando” o pedido.
 
Tanto a diretoria do Tupã quando a Prefeitura de Itaquá se amparam no fato de que a Copa São Paulo acontece só em janeiro, por isso haveria tempo para uma vistoria até o final de novembro.
 
Também no fato de que, apesar das regras da Federação, essa é uma situação emergencial, de transferência da sede da chave do Tupã para Itaquaquecetuba.
 
“Há um interesse muito grande de Itaquá”, garantiu Fabiane Bizzo Menezes.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

22.7%
11.4%
65.9%