16/10/2021 às 21h40min - Atualizada em 16/10/2021 às 21h40min

Vereador denuncia ‘estado absurdo’ de banheiros do Jardim São Mateus

Em vídeo nas redes sociais, ‘Nenê’ denuncia abando e falta de manutenção do local, e pede providência a administração Neto e Nanci

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
Imagens printadas do Facebook
 
Um vídeo denuncia, postado nesta sexta-feira, 15/10, no Facebook, pelo vereador Everson Cilas Pereira, o Nenê (Podemos), chocou a população de Rinópolis e até moradores da região.
 
A postagem denuncia o estado absurdo de abandono dos banheiros da praça do Jardim São Mateus, um dos bairros mais populosos de Rinópolis.
 
O vídeo, de onde a redação tirou os print’s que fazem parte desta reportagem (fotos acima e abaixo) mostra uma situação que – tudo indica – é resultado de meses sem uma limpeza.
 
O sanitário feminino encontra-se fechado mais todo sujo pelo que pode ver através da porta-grade, e em sua entrada há um colchonete e muitas peças de roubas espalhadas.
 
O quadro mais crítico é o do sanitário masculino, com a porta-grade aberta (com aparência de arrombamento) e o interior nojento.
 
Piso e pia imundos, com lixo e terra por todo lado e as duas latrinas sanitárias em condições terríveis, cheias de larvas em meio a água, fezes e sujeitas de toda ordem.
 
No vídeo, o vereador Nenê lamenta o abandono e pede ao prefeito José Ferreira de Oliveira Neto (PSDB), que determine uma limpeza urgente.
 
Ele lembra que o banheiro, nas proximidades da igreja católica do bairro, precisa estar em condições de uso pela população que se dirige as missas e demais celebrações naquele local.
 
“Então Senhor Prefeito, mande uma equipe dar uma manutenção aqui, porque o mínimo que a população quer, é vir na praça e ter um banheiro limpo para ser usado... isso é um descaso com a população do São Mateus”, firmou o vereador.
 
O Cidade Real encaminhou o caso ao prefeito Neto e aguarda uma manifestação da administração sobre o caso.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

22.7%
11.4%
65.9%