18/10/2021 às 10h33min - Atualizada em 18/10/2021 às 10h33min

Conselho das Associação de Moradores elege nova diretoria sábado dia 23

Assembleia para este fim está convocada para as 9h, na sede da Associação de Moradores do Jardim Marabá

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
Imagens Cedidas para Divulgação
 
O Conselho das Associações de Moradores de Tupã e Região (Camtur) convoca assembleia para eleição de sua diretoria para o mandato até 2023.
 
O edital de convocação (veja íntegra em imagem abaixo) foi distribuído na manhã desta segunda-feira, 18/10, pelo atual presidente, o ex-vereador Luís Alves de Souza (foto acima).
 
A assembleia está sendo marcada para as 9h, em primeira convocação e, 9h30, em segunda convocação, para a sede da Associação de Moradores do Jardim Marabá, na rua Professora Terezinha Modesto, 10, em Tupã.
 
Para o evento, estão convocadas todas as “lideranças comunitárias das associações de moradores filiadas ao Camtur”.
 
O edital lembra que a convocação é para “eleição e posse da nova diretoria executiva e conselho fiscal da entidade”, para mandato que se encerra em 2023.
 
O documento do Camtur também destaca que “as chapas concorrentes poderão se inscrever até as 8:30 horas do dia 23/10/2021, seguindo o que determina o Estatuto vigente”, e que a convocação decorrente desse edital é “exclusivamente para atender a pauta, obedecendo os princípios estatutários vigente, sendo vedado qualquer outro assunto”.
 
MANDATO
 
Luís Alves explicou que a próxima diretoria do Camtur terá mandato menor que o estatutário em função das restrições da pandemia, que não permitiram a eleição no ano passado.
 
“Na verdade, a eleição do Camtur deveria ter sido realizada em maio de 2020. Em função da pandemia, que não permitia aglomerações, não foi possível realizar. Também porque, antes tinha que ser feita a reorganização das associações filiadas, que também não puderam se reunir por causa da pandemia. Agora, com todas elas organizadas – comissões e moradores e associações de moradores, filiadas ao Camtur – podemos fazer essa eleição e posse. Por isso, a gente teve que fazer um mandato prorrogado, até que se permitisse toda essa mobilização e a nova diretoria toca a partir de agora, até 2023”, explicou Luís Alves.
 
Ele lembrou também que a escolha dos ocupantes de cada cargo do Camtur é feita a partir dos nomes indicados pelas entidades participantes. “Cada entidade indica um nome”.
 
Confirmando anúncio que já havia feito anteriormente, fora da sua entidade de origem, Alves não é candidato a nenhum cargo do Camtur.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

22.7%
11.4%
65.9%