25/10/2021 às 09h25min - Atualizada em 25/10/2021 às 09h25min

Motos seguem liderando ranking acidentes urbanos de trânsito

Brasil tem o quinto trânsito que mais mata no mundo; cerca de 33% dos acidentes fatais envolvem motociclistas

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
Imagens cedidas por Joãozinho 30
 
Os dados nacionais recentes – do último dia 21 de setembro – apontam que ao menos 1/3 das mortes registradas em acidentes de trânsito no Brasil, tem envolvimento de motociclistas.
 
Além disso, o chamado Boletim Radar, publicado anualmente pelo Instituto de Pesquisa Aplicada (Ipea), consolida o Brasil com a quinta nação do mundo com o trânsito mais violento, ficando atrás apenas, pela ordem, de Índia, China, Estados Unidos e Rússia.
 
Leia mais detalhes no link abaixo:
https://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=38523&catid=9&Itemid=8
 
E nível de região, não há estatísticas atualizadas, mas o número de acidentes apresentados pela imprensa, levam a acreditar que os veículos de duas rodas estão envolvidos na maioria dos acidentes.
 
Em Tupã, ao menos outros dois foram registrados no último final de semana, no sábado, 23/10, sendo um deles com a agravante da suspeita de embriaguez do condutor.
 
O primeiro registro policial foi por volta 10h45 na avenida Tamoios, esquina da rua Piratinins e envolveu um automóvel Fiat Uno, placas de Herculândia e um moto.
 
O Uno descia a rua Piratinins no sentido Caetés a Iporans e na esquina do Cine Foto Ishida, atingiu uma moto Honda CG 150 Titan, placa de Tupã, cor vernelha, que subia Tamoios, sentido Potiguaras a Caingangs.
 
O motociclista – que não teve a identidade divulgada – sofreu ferimentos e foi levado pela equipe de Resgate do Corpo de Bombeiros ao Pronto Socorro da Santa Casa
 
CAINDO SOZINHO
 
O segundo caso foi uma queda com suspeita de embriagues do condutor (que não teve laudo médico confirmando), que também não teve dados divulgados.
 
Por volta das 16h25 na rua Brasil, proximidades da rua Caingangs, o condutor de uma moto Honda 150 CG, placa de Tupã, cor azul, caiu sozinho do veículo quando foi parar em via pública.
 
Na queda, a moto atingiu um automóvel Honda Civic, placas de Tupã, que, segundo apurado no local, teve “avarias em sua lutaria lado direito”.
 
No encerramento do registro da ocorrência, na Central de Polícia Judiciária (CPJ), o motociclista foi liberado pelo simples fato de o médico legista “não assinou o laudo” para atestar a embriaguez.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

22.7%
11.4%
65.9%