17/12/2021 às 13h35min - Atualizada em 17/12/2021 às 13h35min

Sitiante é multado em R$ 127 mil por corte de 249 árvores e degradação florestal

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
Imagens do local dos danos, cedidas pela Polícia Militar Ambiental
 
Duas equipes da Polícia Militar Ambiental aplicaram nesta quinta-feira, 16/12, uma multa de mais de R$ 127 mil em desfavor do proprietário de um sítio à margem da Rodovia Raposo Tavares no município de Presidente Venceslau.
 
Durante fiscalização à propriedade, os policiais flagraram ato de “degradação ambiental contra a flora”, com a supressão de 249 árvores das espécies Farinha Seca, Ipê, Leiteiro, Angico, Amarelinho e Ingá.
 
Em nota à imprensa, a polícia detalhou que do total, 157 árvores estavam em área comum e 92 em área de preservação permanente (APP).
 
Ainda segundo a corporação, “também foi constatada a supressão de maciço florestal em área comum e APP e gradeação de vegetação nativa em APP”.
 
O dono do sítio, um homem de 72 anos, tentou se justificar, segundo a Polícia Ambiental, alegando “que foi a primeira propriedade rural que adquiriu e não tinha conhecimento da legislação vigente, e que teria contratado uma empresa para fazer as supressões e limpeza da área”.
 
CINCO AUTOS
 
Conforme a polícia, o total da multa – de R$ 127.165,00 – foi a soma de cinco Autos de Infração Ambiental distintos.
 
Um por supressão de 157 árvores em área comum no valor de R$ 47.100,00; o segundo por supressão de 92 outras árvores em área de preservação permanente no valor de R$ 46.000,00; o terceiro por supressão de 5,43 hectares de maciço florestal em área comum no valor de R$ 29.865,00; o quarto por supressão de 0,36 hectares de maciço florestal em área de preservação permanente no valor de R$ 1.800,00 e um quinto auto de infração por gradear 0,48 hectares de vegetação nativa em área de preservação permanente no valor de R$ 2.400,00.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »