16/01/2022 às 12h21min - Atualizada em 16/01/2022 às 12h21min

PM apreende menor com tijolo de maconha após tentar roubar conveniência na Campos Salles

Segundo apurado, o roubou só não foi consumado porque o dono do estabelecimento reagiu, lutou e colocou o menor para correr

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
A maconha apreendida, o canivete e as roupas do menor (Imagens cedidas pela PM)
 
Um menor de 15 anos de idade (nascido em 04/04/06) foi apreendido no final da manhã deste sábado, 15/01, após tentar assaltar uma conveniência localizada avenida Campos Sales, região central de Herculândia.
 
Conforme Nota de Imprensa da Polícia Militar, com a informação sobre o roubo, por volta das 11h20, o Cabo PM Igor foi até a referida loja e foi informado pela esposa da vítima, que seu marido estaria acompanhando o acusado e que ele estaria pela avenida Floriano Peixoto.
 
Com o acionamento de equipes de apoio – uma viatura local com o Sargento PM Roberto e o Cabo PM Conelian e outra, de Quintana, com o Soldado PM Emanuel – o suspeito foi localizado na calçada, defronte o número 1059.
 
Em busca pessoal, inicialmente “foi localizado um tijolo de substância contendo odor e aparência de maconha, que o suspeito afirmou que seria para fracionar e vender posteriormente”.
 
Inquerido pelas equipes, sobre o roubo, o menor “confessou a prática do delito”, e indicou aos policiais “onde havia escondido a arma (um canivete) e as vestes que utilizou na execução do crime”.
 
“Com toda a materialidade e o reconhecimento sem sombra de dúvidas por parte da vítima”, o menor – que no ato do flagrante que não portava nenhum documento de identificação – recebeu voz de apreensão e foi conduzido “sem algemas” para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Tupã.
 
O delegado Paulo César Pardo Soares constatou-se tratar-se de “menor de idade após a entrega do RG pela genitora” e lavrou o Ato Infracional “pelos crimes de roubo (tentativa) e tráfico de drogas”.
 
A pesagem pericial contatou que maconha apreendida pesou 385 gramas e o menor foi colocado à disposição da “Vara da Infância e Juventude” para as providências cabíveis no caso.
 
Segundo apurado pelo portal Cidade Real, o roubou na conveniência só não foi consumado porque o dono do estabelecimento reagiu, lutou fisicamente e colocou o menor para correr do local.
 
DESINTELIGÊNCA
 
Também neste sábado, 15/01, o mesmo PM Cabo Igor atendeu a um caso de Desinteligência pelo bairro da Estação, por volta das 3h.
 
Uma mulher de 34 anos de idade, iniciais TGO informou “que se desentendeu com o seu namorado por volta das 23h” da sexta-feira, 14/01, e após a discussão ele saiu de casa, mas voltou horas depois, alterado, pulou o muro da residência e começou a “xinga-la e dizer que iria agredi-la”.
 
Segundo TGO, enquanto entregava “as roupas dele pela janela” o namorado desferiu “um soco no vidro da janela da sala onde veio a quebrar e os estilhaços atingiram o seu rosto”.
 
Conforme a polícia, o homem declarou que “a namorada estressou e começou a reclamar que não dava atenção devida e no calor da discussão deu um soco no vidro da janela da sala e que em nenhum momento a agrediu”.
 
Os dois foram levados ao PS do Hospital São José e lá houve a constatação médica de que TGO tinha “escoriações e estilhaços de vidro” e o “Sr. Emerson estava com corte na mão devido ter quebrado o vidro da janela da sala”.
 
Ambos foram atendidos pelo médico de plantão doutor Marcos Paulo, “sendo liberadas após o atendimento”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

22.2%
6.2%
71.6%