02/02/2022 às 06h14min - Atualizada em 02/02/2022 às 06h14min

Tupã ainda tem 8.628 títulos eleitorais cancelados por falta de biometria

Atendimento presencial segue suspenso, mas eleitor nessa situação pode regularizar inscrição no site do Tribunal Regional Eleitoral

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
Cancelamento da biometria estampado no site do TRE-SP
 
A Estância Turística de Tupã seguia, até a última sexta-feira, 28/01, com 8.628 títulos eleitorais cancelados por falta de cadastro biométrico.
 
Segundo os dados divulgados pela chefe do Cartório da 184ª Zona Eleitoral, Luciana Nonato, o número representa 16,68% do total 51.715 eleitores inscritos no município, com outros 43.087 eleitores em dia com a exigência do cadastro de identificação biométrica da Justiça Eleitoral.
 
Exigência aliás, que teve o prazo fatal em 19 de dezembro de 2019, mas acabou flexibilizada para a eleição municipal de 2020, pelo motivo da pandemia.
 
Luciana Nonato informou ainda que apesar do alto índice de títulos cancelados, em função da terceira onda do novo coronavírus, o atendimento presencial para o cadastro biométrico segue suspeito nos cartórios eleitorais de todo País.
 
“A biometria não está sendo feita por causa da pandemia e sem previsão de volta” informou ela, acrescentando que ainda não há informação se haverá nova liberação para a eleição desse ano (como em 2020) para “quem está com o título cancelado por não ter feito biometria”.
 
“Quem está com o documento cancelado, estamos orientando para regularizar pela internet, através do Título Net no site do TRE... O prazo para cadastro da biometria foi até 19/12/2019. Só que na eleição de 2020 liberou para votar e depois cancelou novamente, Ainda não sabemos se o TSE vai liberar de novo para essa eleição”, completou Luciana Nonato.
 
DESATUALIZADO
 
No site do TRE paulista, em consulta na manhã desta quarta-feira, 02/02, a informação era de que em função da “situação mundial imposta pelo Coronavírus... a Resolução n.º 573/2022 do Tribunal Regional Eleitoral determinou a suspensão temporária do retorno gradual aos trabalhos presenciais nos cartórios eleitorais, postos e centrais de atendimento em todo o Estado até 31 de janeiro. Assim, ficam suspensos os agendamentos presenciais por meio do sistema”.

Conforme a página oficial, podendo o atendimento “ser feito de forma online, sem necessidade de deslocamento” até o cartório ou posto de atendimento eleitoral, para os serviços eleitorais de “alistamento, transferência do título de eleitor, regularização da situação eleitoral, emissão de certidões, entre outros”, por meio da aba “Atendimento Online”, localizada à direita da página do TRE.
 
WHATSAPP

Também conforme o portal do TRE/SP, nos “casos de comprovada necessidade”, o atendimento presencial pode ser solicitado mediante agendamento “por meio do WhatsApp ou do e-mail da zona eleitoral, a fim de evitar aglomeração de pessoas”.
 
Inclusive para o serviço da chamada Central de Atendimento, pelo número telefônico 148 (com custo para o eleitor de uma chamada em todo Estado) a ressalva é de que “não realiza agendamento para biometria”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

22.2%
6.2%
71.6%