09/02/2022 às 12h57min - Atualizada em 09/02/2022 às 12h57min

Criador é multado em R$ 24 mil por deixar cães feridos, sem água e sem comida

Os animais, incluindo dois filhotes, encontravam-se sem água e alimentação e alguns apresentavam ferimentos

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
Os animais em condições de maus tratos - veja outros flagrantes abaixo (Imagens cedidas pela Polícia Ambiental)
 
A Polícia Militar Ambiental multou nesta terça-feira, 08/02, em Rancharia, um homem de 28 anos de idade, por maus tratos contra animais.
 
Uma equipe foi acionada para ir até uma fazenda (local não identificado publicamente) por conta de “uma denúncia de maus tratos animais domésticos”.
 
No local, o ‘tutor dos cães’ autorizou entrada dos policiais e acompanhou a fiscalização.
 
Foram encontrados oito cães em condições de maus tratos: um da raça Veadeiro-Pampeano e dois filhotes da mesma raça; um cão da raça Americano, um da raça Dogo Argentino, um da raça Boxer, um ‘sem raça definida’ e um cachorro da raça Pit Bull.
 
De acordo com a Polícia Ambiental, os animais “estavam sem água e alimentação disponíveis, além do que alguns estavam machucados”.
 
Como o tutor não apresentou nenhuma receita veterinária ou medicamento, recebeu uma multa de R$ 24 mil “por ato de maus tratos” aos oito caninos, “infringindo o artigo 29 da Resolução SMA 005/2021”.
 
Os animais foram encaminhados ao Instituto Anaran e a ocorrência foi encaminhada para registro na Delegacia de Polícia de Rancharia que irá apurar a prática de maus tratos.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »