10/02/2022 às 08h31min - Atualizada em 10/02/2022 às 08h31min

Troca de enfermeiras gera protestos de pacientes do PSF III e de Juliânia

Secretária de Saúde recebe representantes das duas populações e do Sindicato dos Servidores nesta quinta-feira

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
 
A substituição de profissionais de enfermagem das unidades de Saúde PSF-III (da rua 9 de Julho) e do distrito de Juliânia provocou protestos e manifestações por parte de usuários da rede municipal de Saúde de Herculândia, no decorrer desta semana.
 
Dois abaixo-assinados em favor da manutenção das suas enfermeiras foram criados e tinham, ao menos 100 assinaturas cada uma, até a noite desde quarta-feira, 10/02.
 
MAGALI E SILVIA
 
A mobilização foi iniciada pela herculandense Dayane da Silva Bezerra de Carvalho, paciente do PSF-III, por meio de uma coleta virtual de assinaturas em uma plataforma de petição pública:
 
ACESSE A PRETIÇÃO NO LINK ABAIXO:
https://peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR122627


Direcionada para “Moradores de Herculândia que pertencem ao PSFIII”, a petição pede o retorno da enfermeira Magali Mislaine Levado dos Santos, transferida para a unidade do distrito de Juliânia, no início da semana.

Por sua vez, os usuários da unidade de Juliânia, sob a liderança da moradora Cirleny Silva, estão se antecipando ao risco da Enfermeira Silvia, que trabalha no bairro há pelo menos dois anos, também ser transferida, e organizaram uma coleta de assinaturas em papel – também com pelo menos 100 participantes.

Nesta quarta-feira, 09/02, um grupo de WhatsApp foi criado com o objetivo de motivar mais pessoas a assinarem os pedidos para de Magali volte ao PSF-III e Silvia seja mantida na unidade de Juliânia.

POLITICA

Inicialmente, a ideia tirada no grupo de WhatsApp seria realizar uma manifestação na Prefeitura, com cartazes e faixas, mas em função das restrições da Covid, se optou por um encontro reservado entre representantes dos moradores e a secretária de Saúde Silmara Baquetti de Oliveira Silva, prevista para as 8h desta quinta-feira.
 
No grupo se informou que por causa de compromissos anteriores, o prefeito Paulo Sérgio de Oliveira, o Paulinho (PL), não receberia os representantes dos manifestantes.
 
A principal reclamação dos usuários é que as mudanças estejam sendo feitas por razões estranhas e sem consulta prévia a população.
 
SINDHER
 
Ainda nesta manhã de quinta-feira, o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Herculândia, Sindher, Douglas Pieri, confirmou que a entidade acompanha o caso bem de perto e que estaria na reunião.
 
“Representamos os interesses de todos os servidores e, também nesse caso, nossa preocupação é com a população. Primeiro que se a população está bem servida e quer bem suas profissionais, por que mudar de lugar um atendimento que está funcionando bem. Depois nos preocupamos que as opiniões e preferências políticas de cada uma estejam sendo causa para qualquer tipo de perseguição a essa ou aquela servidora. O Sindicato está atento e acompanhando”, comentou Douglas, ao falar do Cidade Real.
 
A reunião entre os representantes da população, servidores dos servidores, e a administração estava marcada para as 8h desta quinta-feira, 10/02.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

22.2%
6.2%
71.6%