24/02/2022 às 11h11min - Atualizada em 24/02/2022 às 11h11min

ESTUPIDEZ: Cadela é morta a pauladas e tiros pelo dono por 'comer um pintinho'

Infelizmente, detido em flagrante, sem qualquer sinal de arrependimento, autor da barbárie foi ouvido na Delegacia e liberado; vai pagar multa de R$ 6 mil

Nilton Mendonça
Redação Cidade Real
A cachorra morta, na viatura policial - veja outras em campo abaixo (Imagens cedidas pela Polícia Militar Ambiental)
 
O município de Presidente Venceslau foi palco, esta semana, de mais um fato que mostra a que ponto a estupidez e insensibilidade humana é capaz de chegar.
 
Um homem de 49 anos de idade foi detido por policiais militares ambientais após agredir sua cachorra “até a morte” alegando “que estava nervoso porque a cachorra comeu um pintinho”.
 
Quando os policiais chegaram à propriedade para o atendimento a uma denúncia de maus tratos a animal doméstico, o “autor não estava no local e havia levado o animal para enterrar”, segundo familiares.
 
Todavia, lá a equipe apreendeu “uma espingarda carabina de pressão 5.5 milímetros, uma pá de lixo com cabo de madeira e um pote com chumbinhos para arma de pressão”, que teriam sido usados pelo homem “para agredir o animal com pauladas e disparos de arma de pressão”.
 
Segundo consta no boletim de ocorrência, o acusado que havia jogado o animal morto em uma estrada rural (veja imagens anexas a essa reportagem), ao ser indagado, “demonstrou frieza e nenhum arrependimento, assumindo o fato, inclusive mostrou onde jogou o animal dentro de um saco”.
 
A cadela morta foi levada para o Centro de Endemias de Presidente Venceslau para elaboração de laudo veterinário de constatação e o acusado recebeu uma multa no valor de R$ 6 mil “por maus tratos a animal com resultado morte, com base no artigo 29 da Resolução SIMA-05/2021”.
 
O delegado de plantão “após tomar ciência dos fatos optou pela elaboração de um BOPC, liberando o envolvido em seguida”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

22.2%
6.2%
71.6%