27/03/2022 às 16h35min - Atualizada em 27/03/2022 às 16h35min

Ex-morador de Osvaldo Cruz morre ao apontar arma para PMs em Adamantina

‘Pixote’ teria apontado ‘arma de brinquedo’ para policiais, que reagiram, atirando contra o acusado, na manhã deste domingo, 27/03

Com www.sigamais.com
Redação Cidade Real
'Pixote' em imagem de redes sociais e a réplica que teria sido usada por ele (Sigamais.com)
 
Um homem, de 28 anos, conhecido pela alcunha de ‘Pixote’, morreu na manhã deste domingo, 27/03, em confronto com policiais militares em Adamantina.
 
Por volta das 5h50, testemunhas acionaram a Polícia Militar informando que havia uma pessoa armada em um posto de combustíveis na avenida Rio Branco.
 
Segundo o Major PM Ivan Garcia de Oliveira, comandante interino do 25º Batalhão da PM, sediado em Dracena, o acusado, ‘Pixote’, foi encontrado em companhia de outras pessoas, do lado oposto da avenida, defronte o posto e desobedeceu a ordem policial, retirando uma arma de fogo (tipo pistola, na imagem acima) da cintura, apontando-a para os policiais.
 
De acordo com o procedimento padrão da PM, os PMs teriam dado ordem para que ‘Pixote’ largasse a arma e levantasse as mãos.
 
Ele, entretanto, não teria obedecido, mantendo a arma apontada na direção dos policiais, que em função da resistência, dispararam contra o ex-morador de Osvaldo Cruz.
 
Ferido, ‘Pixote’, que atualmente morava em Adamantina, ainda chegou a ser socorrido pelo Resgate do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos, e morreu.
 
Posteriormente os policiais constaram que a arma usada pelo acusado era uma réplica, um simulacro de arma de fogo, popularmente chamado de arma de brinquedo.

A ocorrência foi apresentada no plantão policial em Adamantina.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

22.2%
6.2%
71.6%