30/06/2022 às 12h16min - Atualizada em 30/06/2022 às 12h16min

Funileiro é morto a tiros um dia após discutir com cliente

Filho confirma que presenciou discussão; duas testemunhas afirmam ter ouvido tiros e visto pessoas saírem correndo do local em seguida

Bruno Berger
www.qapbirigui.com.br
O funileiro Hércules no destaque, sobre parcial do local do crime (redes sociais)
 
O funileiro Hércules Macelo Trindade, 46 anos, foi morto a tiros na manhã da quarta-feira, 29/06, em Birigui (SP).
 
E a polícia já descobriu que ele havia discutido com um cliente na funilaria dele, na tarde de anterior ao crime.
 
Um filho da vítima contou à polícia que não presenciou o crime e nem viu os autores dos disparos. Porém, revelou ter visto ontem o pai discutir com homem a respeito da venda de uma peça de carro.
 
De acordo com ele, essa pessoa teria pedido desculpas pelo que havia acontecido. Na sequência o pai dele teria falado para o tal homem não aparecer mais na oficina e essa pessoa deixou o local de carro, sentido Vila Bandeirantes.
 
DUPLA
 
Ainda de acordo com a polícia, uma testemunha ouvida após o crime revelou ter visto dois homens chegarem no local na manhã de hoje e perguntar que hora a oficina iria abrir. Minutos depois ela ouviu dois disparos de arma de fogo e viu os suspeitos fugindo correndo.
 
Outras testemunhas também disseram ter ouvido dois disparos de arma de fogo e visto pessoa desconhecida correndo e virando esquina, sem observar mais características dele. A polícia tentará encontrar imagens gravadas por câmeras de monitoramento que auxiliem na identificação dos autores.
 
CRIME
 
A Polícia Civil foi comunicada do crime por volta das 10h, por policiais militares informando de uma tentativa de homicídio na rua Egídio Navarro. A informação passada foi de que a vítima havia sido socorrida em estado grave.
 
Um delegado esteve no local acompanhado de equipe de investigação e acionou o Instituto de Criminalística para realização de perícia. Durante os trabalhos a polícia foi informada de que Trindade havia morrido.
 
A vítima foi atingida por dois disparos de arma de fogo, sofrendo um ferimento no lado direito do crânio e o outro no lado esquerdo do pescoço. O corpo passou por exame necroscópico antes de ser liberado para velório e sepultamento.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »