02/04/2021 às 22h24min - Atualizada em 02/04/2021 às 22h24min

Valéria do Táxi é morta a pauladas e irmã ferida gravemente em chácara na estrada da Lagoa Azul

Crime ocorreu na manhã desta Sexta-feira Santa, dia 2; autor foi preso após capotar carros faz vítimas que usou para tentar fugir

Redação Cidade Real
Foto: Arquivo Pessoal
 
A taxista e comerciante Valéria Molina Catirce Okubi, 46, a Valéria do Táxi, foi morta na manhã desta Sexta-feira Santa, 2, a pauladas na chácara de propriedade da família a margem da estrada que liga Parapuã ao bairro Lagoa Azul. A irmã dela, VMC, ficou ferida gravemente.

O autor confesso dos crimes (que não teve dados divulgados) foi preso após capotar o automóvel GM Ônix da vítima, que usou para tentar fugir. Ele apresentava manchas de sangue nas vestes e admitiu a populares que havia “matado duas mulheres num sítio”.

Com a informação, policiais militares foram até o sítio e acionaram o socorro, mas Valéria, pessoa pública muito querida em Parapuã, apesar de socorrida, já estava sem os sinais vitais, em função de graves ferimentos na cabeça. A irmã Vânia, foi encaminhada a Santa Casa de Osvaldo Cruz, em estado grave também com ferimento na cabeça.

Segundo apurado pela Polícia Militar, o acusado agrediu as duas mulheres com golpes de um pedaço de pau, durante uma discussão sobre a desocupação da casa da propriedade onde ele morava. Conforme consta, já havia registro anterior de BO na Polícia Civil sobre o assunto.

Em depoimento o acusado, conhecido como ‘Doceirinho’, teria dito que vinha sendo pressionado a deixar o local a algum tempo, mas as proprietárias não teriam aceito o acordo proposto. E que nesta sexta as irmãs foram ao local busca um milho que ele havia plantado.

Também segundo o acusado, durante a discussão, Valéria teria tentado desferir um tapa em se rosto e dito que iria ‘jogar as coisas dele na rua’. Foi quando ele se apoderou de um pedaço de madeira e agrediu ambas com violência. Valéria teria corrido após o primeiro e após cair, sido agredida com mais uma paulada perto da porteira da propriedade.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você acredita na lisura e integridade da urna eletrônica, e da Justiça Eleitoral (responsável pela manipulação da urna eletrônica)?

20.6%
14.7%
64.7%